contatore@uol.com.br    Ligue Agora: 5055-1015

Endodontia

Esta área da odontologia trata das enfermidades relacionadas com a polpa dentária (cáries, lesões, fraturas e traumas) e todo o sistema à ela relacionado, da dentina, poupa, vasos, até os nervos e tecidos conjuntivos ao redor do dente. O endodontista cuida dessa área, fazendo a manutenção do dente na cavidade bucal em toda a sua estrutura.

E quando há a necessidade de tratamento de canal? Isto ocorre quando há inflamação pulpar derivada da atuação avançada da cárie. Neste estágio, a cárie avança e penetra no dente através da dentina, evolui para dentro da polpa, e chega à região apical onde forma um abscesso. As conseqüências são dores e, se permanecer sem tratamento, ocorre a perda do dente. aqui entra o tratamento. Esta é uma área bastante delicada e muito importante para a saúde bucal geral. Daí a importância de um endodontista com bastante experiência na hora de fazer o tratamento.

O tratamento pulpar restabelece a normalidade da sua atividade. Isso se faz primeiramente com a preparação mecânica e abertura do local, e em seguida passa-se à substituição da polpa por material obturador através da curetagem, pulpectomia e/ou tratamento cirúrgico. Faz-se a seguir a irrigação com antibacterianos, colocação de cimento, condensação dos cones, remoção de excesso e cicatrização.

Uma polpa lesionada ou inflamada ou com abscesso que permanece sem tratamento pode gerar consequências graves para a saúde geral. Um dente infeccionado e não tratado, por exemplo, pode afetar todo o sistema imunológico.

Aqui no Instituto, temos profissionais experientes e habilitados, prontos para resolver quaisquer problemas relacionados também a esta área.