contatore@uol.com.br    Ligue Agora: 5055-1015

Periodontia

Antes de qualquer tratamento dentário ser feito, é sempre muito importante verificar e restabelecer as condições das gengivas, tecidos e ossos associados a esta região da boca. Este é trabalho de um periodontista. E é também o primeiro passo importante a se tomar antes de se fazer qualquer trabalho odontológico. Afinal, sem uma boca saudável não se pode fazer qualquer tipo de trabalho, seja uma restauração ou um implante.

Tratar primeiramente deste problema é inclusive um ato de responsabilidade do dentista, pois tudo que for feito posteriormente na boca terá como fundamento a maneira como se cuidou das gengivas. Neste aspecto, quando um trabalho dental é mal feito, a culpa geralmente fica por conta de um trabalho periodontológico mal feito ou negligenciado.

De uma maneira geral, a saúde das gengivas é igualmente um indicador do resto da saúde bucal. Se a gengiva tiver algum problema, certamente o resto da boca também estará passando por algum tipo de problema. Portanto, tecidos, ligamentos, ossos e gengiva ao redor do dente, todos eles têm de estar em perfeita ordem antes de se iniciar qualquer outro tratamento.

As principais doenças periodontais são a gengivite e periodontite.

Gengivite é uma inflamação da gengiva causada pela placa bacteriana, que ocorre na margem gengival, fazendo com que as gengivas fiquem avermelhadas, inchadas e doloridas. Em alguns casos, pode sangrar, haver pus, e na maior parte dos casos, há alteração da cor da gengiva.

As causas da gengivite em geral são a falta de higiene, o não uso de fio dental, gravidez, diabetes, alterações hormonais. Há também uma presença significativa de gengivite em pessoas que usam dentaduras, próteses e coroas.

Periodontite é o processo inflamatório que se entende para outras estruturas de sustentação dos dentes, afetando e causando a perda de inserção de cimentos, ossos e ligamentos. Ela parte de uma gengivite não tratada, e é também mais agressiva e destrutiva que a gengivite. Os sintomas mais comuns são: mau hálito, vermelhidão, inchaço, inflamação e dentes soltos. Quando a inflamação se torna crônica, a periodontite pode levar a perda do dente. E as complicações da periodontite podem ser graves: infecção, infecção dos maxilares, abscesso e perda irreversível do dente.

O que causa a periodontide é o aumento de placas e tártaro ao redor da base do dente, que faz aparecer uma bolsa entre o dente e a gengiva. O inchaço faz com que a placa bacteriana se prolifere e continue na bolsa, destruindo assim o tecido mole e estruturas ao redor do dente. Finalmente, a placa pode se mover e chegar às raízes do dente.

Há também outros fatores que contribuem para as doenças periodônticas: fumo, estresse, alimentos, idade, genética, medicamentos, má higienização e doenças do sistema imune.

Um tipo mais incomum de doença periondôntica é a peri-implantite, que tende a ocorrer em pessoas que fizeram implantes, tornando a vigilância em torno desses pacientes mais estrita. A causa mais provável deste tipo de inflamação é o descuido pós-inserção dos implantes. Primeiramente, ela começa com a inflamação da membrana mucosa ao redor do dente e, a seguir, passa a uma condição mais grave chamada peri-implantitis, inflamação e perda óssea ao redor do dente. Quando se suspeitar haver tal problema, é preciso agir rapidamente, ou seja, quanto mais rápido for a detecção de ambas, mais fácil e positivo o tratamento.

Além disto, quando se fala nas complicações associadas às doenças periodônticas, há uma gama de doenças causadas por uma gengiva doente ou mal cuidada. Há estudos científicos recentes que comprovam que as doenças da gengiva não tratadas estão ligadas às doenças cardiovasculares, renais, osteoporose e outras.

Portanto, mesmo que o interesse seja apenas nos implantes ou na estética, a primeira coisa a se fazer é observar o terreno ao redor das gengivas e, em seguida, revitalizá-lo. E, como ensina o Dr. José Vicente, só depois começar a plantar. E um tratamento periodôntico bem feito dará suporte positivo a qualquer outro tratamento futuro.

Os nossos tratamentos dispõem de técnicas de laser e antibióticos.