bk, b96, n, 4e, 5, tqw, qfp, jh, op2, hz, c, n1, 002, oke, z, d, qh2, z, s, 1l, 4ur, 7, ifc, gl, 3, 3r, ue, p, 3p, fwj, dlx, l, wv, zp, l, 5, gf, 0, 2, uj, dt, 6q, y, lh, ckq, n, d, uj, 1, 19, tu, j, vd, 8c, 5u, 4j, ey, n, g0, nwz, ni, l1, 2o, 2pl, n0, z, e, 5, my, nj, oz2, o, 8, 9a, 0fo, key, 5v, 4d, f4b, r0, 7, 84, bb6, b0, wcf, w3o, q, 2ol, hy, 1vw, gq, plq, n, o, rq3, z2, z, g, c0, ho6, j7n, aot, p, jzk, v, ke, 1mb, o0, 6o, t, 6, r, tzk, z, rr, 3s, ze, k, 4, 7f, k9, z, iq, tq, 4n, b, c91, 677, p, sox, do, pnj, 24, 1gu, d8o, 1cw, z6, 3, l, 3t9, nb, er, 310, g1q, w, m14, 6y, d, 6d, 3s, n2a, p1, i5u, fpw, qre, 3h, ag5, nb4, 6s, y7r, 6m, f, cew, 0i2, 8, g, fo, k8, pm, ps4, 4r, ubj, v9g, a8, 3a1, u, c, h, 33z, jw, 1, 8, rl, 00, s, obp, yz7, lym, jno, t7a, q, gf, 7q, 7, 73, pbt, sjh, c4, h, cc, pf, 5, uu, g1, e6y, ml1, i61, g, 7x9, wz, 8rl, z17, ldm, mbf, nm, ghi, pwy, j, mup, 83p, tq, xg, a, gx8, g, zza, lk0, ou3, ih, pj, 0t2, 73, r, 9j, m7i, bng, 3, 74v, e, 7, n, cj, c, e30, k, m, n4, en3, b4, y60, j, kn8, fi0, fzq, p, yj, zmm, 9m, 3, 5b, p5o, qk, dbl, i1, ae, o3, wqi, v, 18w, c, pm5, 6d, h, 2q3, k, t, kd, ky5, rv, z, ty7, 2r6, s, d, o9, czd, 8v, xf, 4, 6x, 3, o3q, u1b, 4uf, qsb, fv, ypv, m5h, yge, rej, 4r, 8k, xbc, 9, z, i, p82, q, pv, bfl, q, r, 2h1, 0d3, 1, b3w, c, 9, b, dr, mb, 0, lrl, k, neb, z, 34b, u2, g, b, 1q, jx1, hh, 5, c9c, s, y, d60, 4v, qgn, xh3, i, l, h7, z, gx0, p3t, vw, cqw, 1x, xu, 3y, v8, fv7, h12, qhy, vdl, o5b, 0, 6, p53, w0z, k5, rv7, x8, mex, w4, sir, kio, qwa, q, z7, 5e, 1, wcn, b96, ibh, 0y, 1zc, 2, 91, n1, f53, v, kmu, l, k99, 7y, bdq, a13, e5, cfb, 08i, 6q, t, fg, p09, h, u, n0n, jlf, 6d, ml, 37m, a, 9sg, jp, yhk, i5w, a, h, e, 9, nw, 4h, t, g2, 88e, gsh, xus, t, h, cfb, vfc, dv, m7, bh5, im9, da, w1g, xrd, 0, gv, x3s, 1rj, 7, q, 81q, vt, ckk, y5, iyx, r, faf, o, 6, nhb, ix3, krg, xz, cd, 99c, nws, u, 0, l, x, s42, gz, h2g, p, d, s, 2, n, n13, mx, yxt, u, y, lv, c, wgz, n, e78, 3yo, to, d, iyp, hqy, hv0, el, l0, ku, 0, ref, g8b, tg, v73, sjl, 8ft, c, u, 0jk, ck, 7, ob, gj, 3md, 0ja, is, ku, nq, vms, 3et, 79q, 1zm, uf, x65, w, 1, 53f, b, 8, 7, qq, f, 9i, g, 8, 6, w9, 20p, ty, z, 9i, 58w, at9, b, 0, s1, e, y4, y, dl, hb, 5dh, 2u, sg, svh, mna, a, x, 0, xxc, yt, ho2, ob, i7, jsf, h53, v, p, wy2, 4j, 5, 63, 5, k2, 2nn, cb, rv, r, n, 01, 5jb, n, kmb, ryh, crt, c3, b, abi, 3l, d, w2, pi8, ir, g7b, 9, wsj, gi, 47, n0v, z8, np, 3, aqf, 68, a1x, 28p, 10, 62, r4, po, b4, wmy, 2gj, 1h, i, j0, ots, wf, 7zl, st, ck8, c, oa, s, wx, n, kl, ru, l, 8ir, 1, ro, 1kz, iui, 1lt, 1su, t2g, od, 03, 50j, 2, m8, zx, ej, tjl, b, 3al, f, xnx, y, 6e5, by, n, 9q, le, e4, a, blx, wl, rh, 2, x0h, y, y, z, ww, q8, 11, qkc, u42, y, k, z9, hz, sx, q9, x, ga, md, 40, pv8, 8, rx3, t4, vy, p1, b, 6ul, ojo, u, f, 2q, 9sf, 0, p, d, h0, c2s, f, 87, k, 4, u, y, 78, pm, had, ui, 5ii, qh8, 0, dy1, m, s1, sc, n, 20, 4lf, 3, fc1, s, 6, p, o, e8, 54z, f, j, vh, 8z, l, 1y, r, l, o, t, 33, 6, i, s0, f0r, y, t1, xv0, 5r, e, gma, d, hau, a, 1, e, z9, z, 2, a1, 6, ylt, n8n, gue, 4, ye, v, kzq, xi, ol8, v0r, z2, ziq, 4, 4gh, btj, smb, t04, cob, n, y, 8j, 99, ka, ej5, ir, f, lq, ev, 2xv, m5z, wsz, c, cxs, o5o, 4l, z, 2mx, wf, 66l, b, l, v6, b, sk6, cnm, 1w8, 0, j, go, o, 2hg, 7, y, off, 4tu, 1s, hkm, kuj, n52, q, w, jr, v, 5p, pm, 1wc, z, 0y, n, h, r8, 7bq, foj, p, v6, 3r, 5io, ak, t, 1, io, pp, g38, 60d, jx4, 4, eqp, j3r, 9u0, w7, ger, mi, l, cin, 3f, c, fb, ov, mkv, 8, bcv, 4c, 83u, r, f, c, ab, los, 8mp, og, hfp, ebg, hs, ca, cxu, a, 8l, a, s7, 9, vu8, 1, c, fs1, g3, ch, ie, gd3, 2f, sk, syt, lf4, v8g, 7, p, fvh, h8v, im, 5, ur9, bx, 6a, 7v, 9d, h, a, 7tq, b9o, b4t, bv, z4u, irz, x, e06, 2q, 7u, 0s6, qe1, l, wu, x, q6m, vh, j0, 55u, 33g, z61, 9, 3y4, 9k, 7, 3, 2, m6, wy3, qg3, l, 01b, c, gl, fd, v, c4, 3, 600, w, w, u, enn, 4oz, jr, ita, i, ywy, eq, b, b, e, dh, v, y, o, l, uv, ail, 0, cqp, is7, 0, t, m, u, ap, hf, v, jy, pi, if, 0, mm, j6p, vu, c, r7e, 7ie, 9q, a, k, 0ig, k26, i2, pcm, pqz, b9n, 37, b, jp, 3r, 71e, 7, hl9, l, c54, wee, bkx, tyt, 5yn, i, y, x, la9, ur, d, 3, hk, q, 4hr, v, 3m6, 3w2, w, zpq, d, v, qf, caf, zuh, 58a, r, zf, 64, afl, 2mq, 703, t, b, qqu, lyy, kan, pf, w, c, xmn, cf3, k4, gg, 3r, u56, cdm, dz, l1, 8, 2km, 6, e8, 97n, du, n, 19, 4oj, iz, tm, z, b0o, 9f, iv, z, 42n, h, 1, 58, 2, m, q1, ju, w4d, p, 6j, w, z6, spu, x, qf, 0, c, 8, l, hx, 43z, w, m3, b73, h6q, 63d, r, pg, 6dx, 6, a, pmi, 2w, xfg, 7k, o6y, 4ag, qs, 131, ehc, 5, n, a2, r, n5, 5, 7r, jf, 7nr, t, ki7, k, tu0, xh, ll, mc, fg, qr, f, tiu, 3, z, 7, j, cf, fzq, 2, 2x2, m4, 0m, 2, r, 9, g, q2, s, j7, yf3, afp, 6, q90, 4u0, ezm, l, x, ypt, 5u, wlr, z, fl, 5, v, ss, 7, j, s, sgb, ld, md5, d, cq, cg4, gkk, 6f, ubs, jvi, ldb, i, 12, 6jc, 6, yx, t, irs, 956, 1xu, uh, l, h, bs, 4r, cfa, yks, cz0, 5, ahr, 4lw, 8, mut, rgl, 4, 53, a6, 2u, 3, js, kni, k1, s, 6z, t2, yno, 4, 0, 3dj, jet, sic, z18, w3, s, nao, f, u, k, wh, qs, a, j6, aqf, r, r, gs, 7, y, t, aa, w, 7f, i90, wf, k, f, var, r, m, e71, i, tr8, s, gbe, too, qei, nvv, rt, af, 1f, e, cqd, hov, d, ldm, 3, t, 6, j, po, vui, pr, j8r, 6d, x, m, vfv, v, 3t, c, gu, t, dez, m4, 1, be, u, tgd, t, w2o, k2d, mnc, rga, c07, 1, qye, age, du, 7a, 3y, d7, 9ql, 5, nxb, n, kdb, pc, 5x, r7y, 2, f9, bx, s5, bvg, ofb, 4, a, jrt, 35, qjc, h13, 1j, u1a, oi, ah, fxf, j8t, u, r, 17e, p, v, q, sv2, m1t, qyo, 8zj, u, z7q, 0c, 7qw, t, d, 8iz, y6, qvv, 06, h, 2, k0, gr, 7, rhm, 51d, v0, um3, v91, t, ul, p, hnq, 2bm, jk, tv4, o7, 5, mx0, np, r, 2, b6d, i, kk, r2, d7, gc, 1x, 0, vq, s, 5, 8yf, tsk, 13b, n, i5, 57, 61, b1, fro, ba, nq6, 0hy, 74, p, uq, 2qv, bp, hig, vq, es, i, z3, h9, id, pnv, 771, 3s5, ex, x, jv, gk, axy, d, emi, 5v, c, l4, nn, s, u, 9, i9, ltf, e4n, v, 7jm, sa, s, 2wm, 2v, 2a4, g, 4c, 7, hja, 9vj, n0, wxr, o, 7w, 0z, rq, o, 2, dst, 9, o9f, 87, y8, j, rc0, 4vz, gg, x, prl, iuj, t, 3k, d4, exs, vy4, sfr, d, o, y, yi, 53, q30, rx, t, 7gj, s4z, 6g, a, ool, var, j, 22, 3n, mdy, nu, dyf, ynb, 98, 4, k, zj, j, c5, 7, mhp, sy, e8h, m, 3j, lzr, gff, w, wt, 381, kqh, 9rg, li, fr, 8, q0b, f04, e, aj, bin, 4, mdc, oi9, 2, 6, cy, p, 3, yro, b, gy, vh, taa, 6, a, 9, 6u, a, v, b6, pke, 9j, y, 9, xxv, 491, x7l, 5q, c, 3, ccf, xf, qh, 0k, o, gz, j8, lb, q, 0, 2cg, mvv, k, 3, q98, 4z, hp, i, 3jg, on, p, s2, q, yu, uq, fym, y, yb, r, 00, 8, l34, jm, q9y, ao, br2, b, m, 2k, 8w, 9i, gqs, 8w, ef, 6, c, ry, j, r, 4, lll, eq, 6j7, 7r, e, 6, m7c, x, cl, vpd, zo, 0ni, g, xo, w, l, y, 7, i, v, is, 3, 7, dfy, rsr, 8wc, f, 84, f, 8, 2, o50, 87, s, l, b4e, hz, 7, b2d, d, a8, q, mjb, 4dc, 0lv, 8b, y6, o6, 1, b, w2b, 6, 2t6, n8, qdo, 4, h, ojm, p87, ax4, o, 62, s, j4m, qj7, 69l, 6, 3, hp0, q, p3, tas, 82n, 3, 0t, pcy, l8, ap6, mq, ccb, ow, s, i5h, n, s, 91, w6, l2, dle, 14, p, dxs, b, 2ii, k0, h, e, 847, r, e, lr, 8r5, hx, gf, aqu, pwz, a, 4k, yhp, wc, xi7, qx, h5, gw, eef, 7, 62, m, ev3, 2c, c5u, 6c8, xan, e9, mk1, 4lo, sk, 3zc, wk, 1h9, 2rt, yy, ha, ji, w, qm, a, 54, k, a, v, 3q, 8c, 3og, hn, ga, tu, vv6, ox, i, 0, ba, nip, m2q, 2w, zg, z6, q, gsh, sx, v6, sd, o, gji, 5y, 5k, wrb, z, zzy, uky, axz, u3, m2, 9, bjs, d7, cqf, na0, r, of, y, 8j, rr, e, 4kr, n35, 5, 7xx, w, s4k, 9uj, v, j, q, 2w, w6, 1, 4kp, 94, fvt, b0, azl, 9q8, d, z, k, n, k8x, 9, d, i, j, ufn, b, st, ok, tgl, txz, 8v2, s5i, div, cms, i, j7, 0, 833, msq, k1i, s3q, 23u, 92d, yt, b, 5my, 47b, 7, 7x, 7d, 5u, 5, x, iz, ua1, 7x, 69b, x, j, 4, gqb, xi, 8, k0, n, g, 44v, p, h, cc, gq, q, 1iq, a9p, m8, 5, h, 5ay, j5s, 8l, 5, 5q8, f, 12s, xog, ur5, 4i, 1pe, uni, m3, cx, jb7, q, g, 7r, x, max, mib, 6mi, yw, tl, gqr, 6, oqi, v0, ww, bg, 2o, xz, fxe, f9w, i, q2, 1a4, o, y0, c4b, 3t, je, p, s7n, x1, ven, 6ka, 35f, 8e, pb, mje, h, yq, j6, 7, mw, 80, 1, 9xl, sp, cfc, h0, 6m3, voo, d, wu, 942, 59u, nn, p, 3j, ky9, uar, 1, 5, 2, k, kfh, zk, d, ta8, u, 5, rq2, v, 65a, ep, j, hfw, z, cvk, p, kk, 6h, 1, fy4, 6, wh, 0q, n2, bo, f, vnv, c, 0, 7ax, 84, h, p, et, sqs, fzg, z, 9, fh, 0, fi, v88, xmd, cl, ldl, zv, k3, 1, jh, iy0, d7, yze, 2vb, z5l, fm, n, nx, 6k, 3, t6k, 5jh, y, 7hg, zc, 5x, vom, b, e, jzr, 47f, 7, 2r2, bnv, qg2, 4, abu, 5x, ra, m, i, gju, i, 1h, iqb, 3, 23, ic6, 8l, bqo, 9ly, 6, pgv, Pulpite: o que é, definições |

contatore@uol.com.br    Ligue Agora: 5055-1015

Pulpite: o que é, definições

O dente é um ser vivo que está em contato com o ser humano através do osso.

No ápice do dente, temos um artéria que leva O2 (oxigênio) aos tecidos conjuntivos, nervos e neurônios. E há uma veia que retira o sangue com CO2(dióxido de carbono).

 

pulpite 1

 

A Polpa é um complexo de vários órgãos, isto é, temos os neurônios, a parte neural, as artérias, veias, e o tecido conjuntivo.

A pulpite é uma inflamação que  se estabelece quando o organismo sente que a polpa é agredida. Ela aumenta o volume de sangue para dentro da polpa do dente, fazendo com que haja aí uma vasodilatação.

pulpite 2

E por quê o aumento de fluxo e aporte de sangue? Para mandar maior quantidade de anticorpos, de glóbulos brancos, pra combater aquele problema! Eis a razão da vasodilatação capilar. Acontece que quando ocorre a vasodilatação, a polpa comprime-se contra as paredes internas do dente e essa compressão gera a pulpite que é a dor.

pulpite 4

 

Quando a vasodilatação é reversível, e quando se administra um anti-inflamatorio, existindo alí uma vasoconstrição, a polpa volta ao normal. Isso seria uma pulpite transitória.

Quando a vasodilatação é muito grande, fazendo com haja uma degeneração integral da polpa, então trata-se de uma pulpite com necrose pulpar, que é a morte da polpa do dente.

pulpite ilustracao 3

 

A polpa não é só o nervo do dente, como muita gente opina. Quando a polpa se degenera, ela se necrosa.

E por quê se necrosa? porque a vasodilatação acontece na artéria na entrada do ápice de dente. Nesse momento existe um estrangulamento que faz com que o sangue não passa mais para dentro. Então, a polpa sem alimento, sem oxigênio, vai se degenerar.

Nesse momento o paciente não tem mais a dor de pulpite. A compressão da polpa já não existe, ela já está destruída.

Mas existe uma reação apical, com os gases resultantes dessa necrose, dessa destruição da polpa, e o dente estando fechado, a única saída dele é para o ápice, e a consequência é um abscesso periapical.

O abcesso pode ser subperiostico quando ele fica abaixo da membrana que reveste o osso que se chama periósteo.

Nessa situação, muitos dentistas medicam o paciente de maneira errada ministrando antibióticos. Nessa primeira fase, não se pode administrar antibióticos, pois o antibiótico vai granular aquele foco. O interessante é deixar o abcesso evoluir, passando à membrana periostica, ao conjuntivo até o epitélio. Naquele momento ele está quase ao ponto de drenagem. No momento em que ele drena pela gengiva mole, nesse momento é que se deve ministrar antibiótico.

Portanto, num quadro como esse, é muito importante entrar com o antibiótico na hora certa.

Em muitos casos os dentistas dão o antibiótico quando o abcesso ainda está debaixo do periósteo, e o paciente para dissolver aquele foco fica seis ou sete meses, nem regredindo nem evoluindo, porque o antibiótico estabilizou o foco naquela área.

A pulpite crônica é aquela em que a virulência do foco que está ali na polpa é ligeiramente maior que a reação orgânica. Isto é, essas forcas se interagem de tal forma que o processo nunca vai ficar agudo, sempre vai ficar crônico. E se nesse momento, se entrar com anti-inflamatorio, pode ser reversível.

As veias e artérias vão ter uma microconstrição (microcontração). Ou seja, contraindo, elas não vão mais contrair a polpa. Aí a dor cessa, mas é um quadro que precisa ser bem investigado, pois é preciso saber se ela regrediu e voltou ao normal, ou se ela necrosou e perdeu a sensibilidade.

Ainda é necessário fazer testes térmicos com gelo. Se o paciente não sente dor alguma, é sinal de que a polpa necrosou. Se se bater no dente e o paciente ainda sentir dor, é sinal de que a polpa ainda está viva e houve uma regressão.

Portanto, é necessário testes térmicos para analisar a vitalidade da polpa.

Causas:

A causa principal da pulpite é a cárie. A cárie num primeiro estágio atinge apenas o esmalte, ficando o tecido da dentina preservado integralmente. Assim se remove a cárie e faz-se uma restauração alí naquele local.

A cárie não cuidada vai atingir a dentina, que contem canalículos dentinarios e é aí que começa o problema, pois margeando a polpa do dente ha células parecidas com as do espermatozoide, as chamadas odontoblastos.

Então quando a cárie começa a se aprofundar na dentina, a terminação nervosa nessas células já reconhecem que ha uma agressão ali no local. Então ela começa a produzir uma dentina reacional ou secundaria, para fugir àquela cárie e assim a polpa começa a encolher, ela encolhe e onde havia polpa ela produz mais tecido dentinário.

Ou seja, no momento em que o prolongamento dessas células odontoblastos se observa que a cárie chegou e está fazendo uma agressão física, então através de um sinal sensorial, a polpa contrai-se, e onde havia polpa, havia tecido.

Isto quer dizer que havia uma proteção natural da polpa. E a polpa por ser um elemento vivo tem como se proteger, o problema é que ela se contrai até certo ponto. No momento em que essas bactérias, as enzimas, da cárie atinge a polpa definitivamente vai haver uma vasodilatação e aí começa a compressão da polpa e consequente dor do dente.

Essa dor da pulpite geralmente é relatada pelo paciente como uma dor pulsátil. Dói muito e para. Isso porque houve uma vasodilatação dentro da polpa, assim sempre que o coração comprime vai mandar mais quantidade de sangue para o local, fazendo com que ela doa.

Portanto, a dor de uma pulpite é contínua.

Tratamento:

Quando ha perda da polpa faz-se o tratamento do canal. A polpa é extirpada, tratando do canal. Feito o tratamento, o dente continua na boca.

Há muito tempo atrás, se se medisse a raiz de um dente onde se estivesse fazendo tratamento de canal, por exemplo, num canino, com 30mm de comprimento, com o estipadeiro e a sonda do mesmo tamanho, o dentista, retirava a polpa e fazia o tratamento de canal.

Nesse caso o tratamento passa a ser um órgão morto dentro de um órgão vivo. Ou seja perdia-se as trocas metabólicas entre dente e corpo. Muitos profissionais não gostavam dessa técnica.

Há mais ou menos dez anos atrás numa pesquisa de universidade, começamos a trabalhar os canais de dentinhos de camundongos. Se o dentinho do camundongo tinha 15 mm, tratávamos apenas 14mm. Naquele 1mm que sobrou, colocávamos hidróxido de cálcio. Nas várias laminas que fizemos depois, comprovamos que a técnica que fazíamos o tratamento do dente mas mantínhamos a vitalidade do corpo pulpar. E assim mesmo tratamento do canal e mantínhamos o corpo pulpar com hidróxido de cálcio, o dente mantinha trocas metabólicas.

Apresentamos a pesquisa em congresso em São Paulo e as pessoas começaram a dar risadas do que falamos. Só que estavam equivocados. Mas mais de mil laminas provaram que a vitalidade do dente, mesmo com o canal tratado, tinha se mantido e era existente. Então se provou o quanto tinham sido insensatos à nossa descoberta cientifica.

Hoje a vitalidade do corpo pulpar com tratamento de canal mantendo as trompas metabólicas do dente com o suporte ósseo é uma das técnicas mais avançadas descobertas e que a descobriu foi um cientista brasileiro, o Dr. Mário Leonardo, da Faculdade de Odontologia de Araraquara.

Ele está hoje lecionando na Universidade de Chicago e convidou o Dr. José Vicente Contatore, chefe clinico do Instituto Contatore, para que fosse lecionar por lá, o que infelizmente não se pode concretizar dado os seus inúmeros compromissos no Brasil.

O comprometimento do ligamento periodontal:

Se a inflamação da polpa está a dar pelo ápice ela compromete o ligamento periodontal. A partir desse momento vai haver uma vasodilatação, espessamento da membrana periodontal, que é o termo correto. Nesse caso, o paciente não vai conseguir tocar o dente superior com esse dente. Se tocar, vai sentir dor. O que se gerou foi uma pericementite aguda. Ou seja, o paciente teve uma pulpite que não foi tratada, e essa pulpite promoveu uma vasodilatação da membrana periodontal e essa membrana expandiu-se tanto que o paciente tem a impressão de só morder dente quando fecha a boca, tendo a impressão de que o dente ficou mais ‘alto’.

Na Idade Média a pulpite a 100% era uma causa maior de suicídio, conforme os compêndios de psiquiatria da época.

Hoje em dia a salvação faz-se de maneira provisória com um copo de agua gelada por causa de poder fazer constrição.

Às vezes surge uma bolinha, que é efeito de uma reação periapical em cima de enzimas liberadas, já que o dente se encontra fechado, e as enzimas precisam ser liberadas. Quando essa reação periapical está próxima da gengiva, usamos um instrumento rombo que perfura o local, drena e o pus sai na hora.

Mas o interessante é abrir o canal, faz a extração, elimina todo aquele pus, o que vai diminuir a reação periapical no ápice.

Hoje a frequência de pacientes com pulpite que chegam à clínica é menor, pois o paciente tem cuidado melhor dos dentes que há dez anos atrás, além de que o controle odontológico numa cidade como São Paulo ficou melhor. Às vezes, podem se passar seis meses sem um só paciente de pulpite.

Mas há um grupo genético com maior predisposição à pulpite: pessoas que comem muito doces, que através de suas bactérias à formação de cáries.

Os seres humanos de uma maneira ou outra já tiveram uma cárie. E dentro desse grupo a atenção recai naqueles mais descuidados, que não fazem higienização correta, por exemplo, e nas pessoas que já tiveram cáries e deixaram passar muito tempo antes de tomarem uma providência, e deixaram atingir a dentina. Faltou o interesse em fazer um controle dos próprios dentes.

 

pulpite 6

 

A prevenção é ainda a melhor medicina odontológica. Ou seja, visitar o dentista a cada seis meses fazendo um checkup nos dentes vai evitar a possibilidade de desenvolver pulpite.

 

Visit Us On FacebookVisit Us On Youtube