BLOG
2 de agosto de 2022
Compartilhe:

Entenda tudo sobre o tártaro

Saiba o que é e quais são os problemas que ele pode provocar!

O que você vai encontrar neste artigo:

O tártaro nos dentes é um problema comum em pacientes que procuram consultórios odontológicos. Ele prejudica a estética do sorriso, mas também pode causar problemas mais graves à saúde bucal. Entre os principais, destaque para as doenças na gengiva.

Não sabe o que é tártaro, qual sua causa, quais são seus sintomas e as complicações? Sem problemas! Aqui, você confere um guia completo sobre tártaro nos dentes e descobre como preveni-lo, inclusive como removê-lo!

Imagem Jovem sorridente sentado na cadeira do dentista enquanto o médico examina os dentes

O que é tártaro?

O tártaro, que também é chamado de cálculo dental, é uma placa bacteriana que se solidifica nos dentes ou bem perto da gengiva. Ele é um material duro, com tonalidade branca ou amarelada, que pode aparecer em várias partes da dentição.

É comum identificá-lo nos vãos de dentes vizinhos, preenchendo espaços. Também é frequente na linha abaixo da gengiva. Neste último caso, é chamado de tártaro subgengival.

Um detalhe importante: o tártaro não é removível por meio da escovação ou uso de fio dental. Isso não é possível por se tratar de um material duro, que demanda técnicas profissionais para remoção segura.

O que causa o tártaro?

Quando comemos algo, os resíduos do alimento ficam depositados no esmalte do dente. Alguns são de difícil remoção, demandando uma atenção maior durante a escovação e uso do fio dental.

Esses resíduos, quando não removidos, ajudam a formar a placa bacteriana. Por si só, ela já representa um risco para a saúde bucal, levando ao surgimento de doenças. Ao longo do tempo, a placa passa por um processo de calcificação, ficando dura. É assim que surge o tártaro.

Portanto, a causa do tártaro é o acúmulo de resíduos de alimentos nos dentes associado a uma higienização bucal inadequada, feita de maneira errada ou não realizada regularmente.

Quais são seus principais sintomas?

O tártaro em si não provoca sintomas, mas sim pode aumentar o risco de desenvolver doenças. Estas sim geram sintomas como dor e sensibilidade nos dentes.

A princípio, o tártaro causa um problema estético no sorriso, porque a placa bacteriana fica visível, principalmente nos dentes mais aparentes, como nos frontais.

Leia também:
>>>Periodontite: o que é e como tratar?

O que o tártaro pode causar? 

Além do fator estético, o tártaro dentário pode trazer prejuízos à saúde bucal, principalmente em médio e longo prazos. As bactérias da placa liberam substâncias nocivas, gerando um processo inflamatório.

É justamente aí que surge a gengivite, que tem como sua principal causa a placa bacteriana e a má higiene bucal. A gengivite é uma inflamação da gengiva que pode causar sintomas como inchaço na região, retração, sensibilidade e sangramento.

Se a gengivite não for tratada, ela pode se estender para o periodonto, que é um conjunto de tecidos que são bases de sustentação do dente. Neste caso, a gengivite avança para uma periodontite.

A periodontite é uma inflamação mais grave, com potencial infeccioso. Trata-se de uma doença preocupante, pois atinge tecidos que mantêm os dentes fixos na boca. Portanto, pode levar à perda dos dentes naturais.

As bactérias presentes no tártaro também podem migrar para a corrente sanguínea, alojando-se em órgãos importantes como o coração. Nesta situação, trata-se de um caso de endocardite bacteriana.

O tártaro contribui para o mau hálito e prejudica a aparência dos dentes, pois tende a ter tonalidade diferente deles, contrastando bastante. Quando a pessoa sorri, o tártaro se evidencia e passa uma impressão de dente sujo e mal cuidado.

Como prevenir seu surgimento?

A melhor forma de prevenção do tártaro é cuidar dos dentes corretamente, o que envolve cultivar bons hábitos de higiene bucal. Veja, a seguir, o que fazer para prevenir esse problema:

Escove os dentes após as refeições

A escovação ajuda a eliminar restos de alimentos dos dentes, promovendo uma limpeza adequada. Recomenda-se o uso de uma escova dental com cerdas macias, pois higienizam próximo à gengiva de maneira suave, sem provocar machucados.

Indica-se que a escova tenha cerdas retas, para manter um contato homogêneo com toda a superfície da gengiva e do dente. A densidade dos tufos também é importante, pois quanto mais densos, maior a capacidade de limpeza da escova.

Os modelos de escova com cabeça pequena facilitam acessar os dentes que estão no fundo da boca, sem machucar a bochecha. Portanto, dê preferência a eles. Além disso, versões com cabo emborrachado e/ou anatômico possibilita fazer movimentos firmes e mais precisos durante a escovação.

Use fio dental como parte da higienização bucal

Algumas vezes, a escova não consegue remover sozinha resíduos que estão entre os dentes. Em situações assim, o uso do fio dental é essencial, complementando a limpeza e garantindo uma higienização bucal adequada.

Recomenda-se o uso diário do fio dental, sempre após as refeições. Caso não consiga utilizá-lo em todas as escovações, a indicação é que faça uso pelo menos uma vez ao dia, preferencialmente na última escovação.

Cuidado com sua alimentação

O consumo excessivo de alguns alimentos pode contribuir para a formação da placa bacteriana. É o caso dos que possuem muito açúcar e dos que são ricos em carboidratos simples. Faça a escovação dos dentes após a ingestão.

Consulte seu dentista regularmente

A consulta regular ao dentista é muito importante para a saúde bucal. Nessa ocasião, o profissional identifica eventuais problemas e recomenda o tratamento necessário. No caso do tártaro, poderá removê-lo de maneira segura, evitando complicações como a gengivite e a periodontite.

Imagem sala de dentista

Como remover o tártaro?

Uma das principais dúvidas de pacientes é como tirar tártaro dos dentes. Ele não é removido de forma simples, pois se trata de um resíduo duro, calcificado. Por isso, somente o dentista consegue removê-lo.

Para isso, o profissional usa instrumentos como a cureta e o aparelho de ultrassom. Essa técnica se chama tartarectomia e é um processo mecânico feito somente por dentistas em consultas de rotina, especificamente na profilaxia dentária.

Quer remover o tártaro de maneira segura e correta, sem danificar seus dentes? Então, não deixe sua consulta odontológica para depois! A Odontologia Contatore tem uma equipe de dentistas altamente capacitados para lhe atender e cuidar de sua saúde bucal. Agende sua consulta! 

 

Leia também:

>>>Como melhorar a estética dos dentes? Confira essas dicas!

>>>Perda óssea dental: causas, tratamento e tudo o que você precisa saber!

Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

Entre em contato

Entre em contato

Entre em contato, preenchendo o formulário com seus dados. Ou ligue agora para agendar.



    Criação de Sites em Curitiba
    Loader
    Whatsapp