BLOG
18 de novembro de 2021
Compartilhe:

O que é endodontia? Tudo o que você precisa saber!

A endodontia é uma das principais especialidades da odontologia. Ainda não a conhece? Sem problemas! Aqui, você confere um guia completo com informações como o que é endodontia e quais são os principais tratamentos realizados. Acompanhe!

Imagem paciente fazendo tratamento com um dentista

O que é endodontia?

Trata-se de uma especialidade dedicada à preservação do dente natural do paciente, com foco na polpa dentária. Faz parte da rotina do endodontista a prevenção, diagnóstico e tratamento de infecções na polpa dentária.

Mas o que é a polpa dentária? É a parte mais interna do dente, localizada entre a dentina e raiz dos dentes. Possui nervos e vasos sanguíneos em sua formação, por isso costuma ser uma região mais sensível.

A polpa dentária pode ser atacada por uma infecção ou inflamação, causando dor e incômodo ao comer e beber. Em casos mais graves, esses problemas podem levar à perda do dente natural.

 

Como é feito o diagnóstico em endodontia?

O diagnóstico em endodontia é sempre feito pelo dentista, que realiza um exame subjetivo (anamnese) e um exame objetivo. No subjetivo, ouve queijas e sintomas do paciente. Também colhe histórico médico e dental, para garantir maior assertividade no diagnóstico.

Já no exame objetivo, o foco é a inspeção visual da face e dente do paciente, para identificar sinais de dor, edemas, fístulas, enfim, quaisquer alterações que possam indicar problemas na polpa dentária.

 

Tratamentos de endodontia: quais são os principais?

O tratamento de canal é o mais conhecido quando se fala em endodontia, mas ele não é o único. A seguir, listamos os principais e mais realizados em clínica de endodontia:

 

Canal

O tratamento de canal no dente consiste na eliminação da cárie profunda, que causa dor muito forte, latejante e contínua. Há opções de tratamento de canal em uma sessão ou mais de uma sessão (mais comum e tradicional).

 

Necrose pulpar

A necrose pulpar é a morte da parte viva do dente, ou seja, a polpa dentária. Quando não é tratada, a necrose pode levar ao surgimento de abcessos, que são inchaços na região com acúmulo de pus.

Existem casos mais graves de necrose pulpar que causam lesões endo-periodontais severas, com processos inflamatórios e infecções importantes que podem levar à perda do dente.

 

Leia também:

>>> Pulpite: o que é, definições

 

Traumatismos dentários

Os traumatismos dentários mais comuns são fraturas no esmalte do dente. Mas também há casos mais graves de perda definitiva do dente natural.

Normalmente, é um problema mais frequente em crianças e adolescentes, entretanto também pode acontecer com adultos. Em todos os casos, tratar o problema o quanto antes é essencial para evitar complicações.

 

Tratamento de canal: como é feito?

O tratamento de canal pode ser feito em uma etapa ou mais de uma sessão. A seguir, indicamos como funcionam essas duas alternativas:

 

Tratamento de canal em uma sessão

O canal em uma sessão é feito com a biopulpectomia, que é uma técnica segura, capaz de preservar o coto pulpar. Para realizá-la, o endodontista abre o canal e aplica hidróxido de cálcio, material que tratará infecções no coto pulpar.

Também há a possibilidade de realizar a necropulpectomia, mas neste caso não se mantém a vitalidade do coto pulpar. Além disso, de acordo com o grau de infecção é preciso fazer mais de uma sessão.

 

Tratamento de canal em mais de uma sessão

A realização do tratamento de canal em mais de uma sessão é a alternativa mais comum. Primeiro, o endodontista anestesia o dente e faz a abertura por meio da coroa até a câmara da polpa.

Então, utiliza ferramentas especiais, como as limas, para eliminar a polpa doente do canal. Esse material pode estar infectado, inflamado ou necrosado. Em seguida, o profissional faz a irrigação para limpeza e remoção de resíduos, bem como a modelagem para restauração.

A etapa final é a da restauração propriamente dita. É feita a selagem do canal para evitar novas infecções ou contaminações por bactérias. Então, ocorre a vedação da abertura e a restauração com material permanente. Há casos em que se usa pino e coroa.

 

Sinais que indicam a necessidade de tratamento endodôntico

Existem alguns sinais que podem indicar a necessidade de tratamento endodôntico! A seguir, listamos quais são os principais:

  • Sensibilidade de forma constante e intensa no dente, principalmente ao contato com alimentos e bebidas frios e quentes;
  • Incômodo e sensibilidade ao toque;
  • Dor de dente de maneira contínua;
  • Inchaço ao redor do dente dolorido;
  • Escurecimento do dente;
  • Dificuldade para mastigar alimentos;
  • Dor no maxilar superior ou mandíbula.

Ao identificar qualquer um desses sinais ou alterações na cavidade oral, procure um dentista o quanto antes para diagnóstico e tratamento adequado, evitando a complicação do quadro.

 

Como evitar tratamentos endodônticos?

 

 

Se a infecção atingir a polpa dentária, não dá para evitar o tratamento endodôntico. Mas existe a possibilidade de prevenir esse problema! Abaixo, indicamos o que fazer para prevenção e garantia da saúde dos dentes:

  • Visite seu dentista a cada seis meses, para realizar consultas de rotina. Nessas consultas, o profissional consegue identificar problemas logo no início de seu desenvolvimento, evitando o agravamento e necessidade de tratamentos endodônticos;
  • Escove os dentes após as refeições e use o fio dental pelo menos uma vez ao dia;
  • Cuide de sua alimentação, evitando o consumo de açúcar em excesso;
  • Abandone o tabagismo e restrinja o consumo de bebidas alcoólicas ou ácidas;
  • Use diariamente um enxaguante bucal;
  • Faça limpeza em consultório pelo menos uma vez ao ano, para higienização mais profunda dos dentes e remoção de tártaro.

Caso identifique qualquer sinal de anormalidade em dentes ou cavidade oral, procure um dentista o quanto antes para análise do caso, diagnóstico correto e avaliação da necessidade de tratamento.

 

Tratamento de canal em São Paulo

Está em busca de uma clínica odontológica experiente para realizar um tratamento de canal em São Paulo? A Odontologia Contatore conta com especialistas em endodontia, prestando um serviço de excelência para seus pacientes!

Além dos especialistas, a Odontologia Contatore possui instalações modernas e seguras para realizar desde tratamentos simples até cirurgias complexas, com um atendimento odontológico de alta qualidade. Não perca tempo, entre em contato e agende sua consulta com nossos dentistas!

 

Leia também:

>>> Periodontia: Entrevista com Dr. José Vicente Contatore

>>> Perda de Massa Óssea: tratamentos

Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

Agende sua consulta

Agende sua consulta

Agende sua consulta, preenchendo o formulário com seus dados. Ou ligue agora para agendar.



    Criação de Sites em Curitiba
    Loader
    Whatsapp