BLOG
15 de março de 2022
Compartilhe:

Quais os principais tipos de aparelhos ortodônticos?

Os aparelhos ortodônticos são utilizados para tratamentos de dentes desalinhados, principalmente. Curiosamente, existem diversos tipos de aparelhos! O dentista é quem indicará a melhor opção para o paciente, de acordo com seu caso.

Essa indicação ocorre após o diagnóstico detalhado do paciente, feito com base em exames clínicos e radiografias. Dessa forma, é possível ter maior precisão no tratamento e um melhor resultado.

Imagem de uma mulher soindo com aparelho ortodôntico

Mas quais são os tipos de aparelhos ortodônticos? Aqui, listamos os principais! Continue a leitura e saiba mais sobre eles, inclusive sobre esse tipo de tratamento!

 

Para que serve o aparelho ortodôntico?

Sua finalidade é corrigir a posição dos dentes, tratando problemas estéticos, diastema, sobremordida, mordida cruzada e apinhamento, por exemplo.

Diastema é a lacuna entre dois dentes, problema que normalmente ocorre na parte frontal da boca. Já a sobremordida é quando os dentes superiores cobrem os inferiores ao morder, fazendo com que a arcada superior se feche muito à frente.

A mordida cruzada, por sua vez, consiste no desencontro entre dentes superiores e inferiores, enquanto o apinhamento é caracterizado pelo posicionamento inadequado dos dentes. Popularmente, é chamado de “dente encavalado”.

 

Aparelhos ortodônticos: quais são os principais tipos?

Existem diferentes tipos de aparelhos ortodônticos, abrangendo desde fixo com braquetes até os invisíveis. A seguir, você conhece quais são os dez principais tipos:

 

  1. Aparelhos fixos

Os aparelhos fixos são divididos em duas categorias: fixo simples e fixo especial. O aparelho fixo simples é o mais tradicional, que tem fios, braquetes e bandas.

Trata-se de uma alternativa que entrega bons resultados, tem manutenção simples (se o paciente seguir as recomendações do dentista) e preço acessível, o menor entre demais aparelhos.

O aparelho fixo especial é parecido com o simples, mas possui como diferencial ter braquetes transparentes. Justamente por isso normalmente é indicado para quem deseja usar um aparelho discreto, que passa quase imperceptível em algumas situações.

Existem diferentes versões do aparelho fixo especial, como o de policarbonato, porcelana e safira. O policarbonato é uma resina plástica utilizada na cor branca. Já o de porcelana tem tonalidade branca leitosa e o diferencial de não ser tão suscetível à alteração de cor. Por isso, seu preço tende a ser maior.

O de safira, por sua vez, é confeccionado com porcelana monocristalina e sua aparência é semelhante à do vidro. Como é transparente, mistura-se à cor natural do dente e é praticamente imperceptível.

 

  1. Aparelho invisível

É um aparelho que tem como finalidade corrigir a posição dos dentes, mas é invisível. Trata-se do inovador Invisalign, que não precisa de fios metálicos ou de braquetes.

Ele utiliza duas moldeiras removíveis invisíveis que são feitas sob medida para o paciente, após o mapeamento digital de sua arcada dentária. É um tratamento moderno, com planejamento de etapas e efetivo.

Seu diferencial está na estética, já que se trata de um material transparente e praticamente invisível. Além disso, dá praticidade ao tratamento, sem precisar ir frequentemente ao dentista para ajustes. A troca da placa pode ser feita em casa tranquilamente.

Outra vantagem é que o paciente consegue tirar a placa para higienização, realizando uma escovação completa facilmente. O único ponto negativo para alguns pacientes é o preço, uma vez que aparelho ortodôntico transparente tem preço elevado.

Mas tenha em mente que é um investimento que se faz em seu sorriso e que o aparelho entrega um resultado surpreendente em menor prazo. Portanto, compensa utilizá-lo.

 

  1. Aparelho autoligado

Tipo de aparelho feito em metal e sem borrachinhas, com fio ortodôntico fixo no braquete. Por isso, costuma ser um pouco mais discreto do que o fixo simples.

Apresenta como uma de suas principais vantagens o fato de ter uma maior efetividade, encurtando o tempo de tratamento. Se estiver preocupado com questões estéticas, é possível utilizar o autoligado nas versões de safira ou porcelana.

 

  1. Aparelho nivelador

Trata-se de um aparelho que é feito sob medida para o paciente, o que deixa seu uso mais confortável. Além disso, não necessita de fios ou braquetes e é removível, facilitando a higienização dos dentes. No entanto, seu tempo de uso pode ser maior do que um fixo.

 

– Leia também:
>>> Como melhorar a estética dos dentes? Confira essas dicas!

 

  1. Aparelho mantenedor de espaço

Pode ser fixo ou móvel e é destinado a crianças e adolescentes. Ele é utilizado no lugar no dente de leite que foi perdido precocemente, deixando o espaço aberto até o nascimento do dente permanente.

O aparelho mantenedor ocupa temporariamente o espaço, sem deixar que dentes permanentes se desloquem e modifiquem a estrutura da arcada dentária.

 

  1. Aparelho reposicionador de mandíbula

Alternativa que tem como foco ajudar a mandíbula a ocluir em uma posição adequada. Normalmente é um tipo de aparelho mais utilizado para tratamento de transtorno de ATM (disfunção da articulação temporomandibular).

 

  1. Aparelho amortecedor de lábios e bochechas

É um aparelho móvel geralmente indicado para pacientes que têm músculos dos lábios e bochechas que exercem muita pressão sobre os dentes. O aparelho possui nome autoexplicativo: ele funciona como um amortecedor, protegendo os dentes.

 

  1. Aparelho extensor palatino

Opção destinada a pacientes com estrutura reduzida do palato, característica que pode influenciar no espaço disponível para nascimento e movimentação dos dentes fixos.

O aparelho promove a expansão do arco da mandíbula superior, usando uma placa com pequenas estruturas metálicas no céu da boca. O ortodontista faz pressões regulares para garantir o alargamento do espaço do palato.

 

  1. Aparelho contentor móvel

Tipo de aparelho normalmente utilizado após o fim do tratamento com aparelho ortodôntico. Sua finalidade é evitar que os dentes retornem à posição anterior, mantendo os resultados obtidos pelo paciente.

 

  1. Aparelho extrabucal

O aparelho extrabucal evita procedimentos complexos, como cirurgias e extrações de dentes. Trata-se de uma alternativa que aplica mais força aos ossos da face, de maneira a estimular ou restringir o crescimento. Geralmente, é utilizado em crianças de cinco a dez anos.

 

Aparelhos ortodônticos em São Paulo

Precisa de um dentista especialista em aparelhos ortodônticos em São Paulo? A Odontologia Contatore tem uma equipe para lhe atender! 

Nossos profissionais são altamente capacitados e experientes em diagnóstico, indicação de aparelho ortodôntico e acompanhamento do tratamento, entregando o melhor resultado ao paciente. Agende sua consulta!

 

– Leia também:
>>> Aparelho ortodôntico estético: como escolher o melhor?

>>> Por que escolher o Instituto Contatore para seu tratamento odontológico?

Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

Entre em contato

Entre em contato

Entre em contato, preenchendo o formulário com seus dados. Ou ligue agora para agendar.



    Criação de Sites em Curitiba
    Loader
    Whatsapp